20 de mai de 2011

Pensar Pequeno

Olá amigos.
Tenho pensado já há algum tempo em como nossos desgovernantes têm cérebros de ameba. Inteligência e esperteza nem sempre andam juntas e no caso deles, isso é uma verdade absoluta.
Governar uma nação como o Brasil não é como governar um sindicato. Somos um país de dimensões continentais e problemas na mesma proporção. Temos os olhos do mundo voltados para nós, afinal, somos o futuro! Não, não somos. Deixamos de ser o país do futuro e agora somos o país do passado. Um passado que com certeza o mundo não quer de volta. Um passado comunista, retrógrado, autoritário, inescrupuloso, manipulador e muito, muito viral. Nosso país está contaminado por um vírus que aos poucos, e nos últimos tempos mais fortemente, se alastra em todos as áreas, em cada cantinho de nosso querido e amado Brasil. Nós, seres pensantes e que não se deixam dominar, como anti-corpos, estamos ficando encurralados, lutando contra um virus altamente devastador e potente. No entanto, ainda somos fracos. O que fazer?
Agora, esse Estado cada dia mais fortalecido, invade nossa vida pessoal, com ares de bom-mocismo, mas com uma intenção muito malígna. Já não podemos educar nossos filhos, eles sim podem nos bater na cara, nos cuspir, mas nós não, nem podemos ser ásperos que eles já podem nos ameaçar de irem nos denunciar à polícia por agressão moral. Nossos professores, que antes eram mestres educadores, são agora bichinhos acuados, que se tentarem mostrar algum tipo de liderança sobre uma classe rebelde, levam cadeiradas, processos ou até mesmo tiros.
Estão deturpando nossa língua. Como não são capazes e nem querem resolver o problema do ensino no Brasil, então a solução é aprovar e fazer com que a estupidez seja correta, com que a ignorância seja apoiada.
Não são capazes, e não querem, acabar com a criminalidade, então desarmam o cidadão comum.Agora, como não são capazes de enxergar um palmo diante de seus próprios umbigos, resolvem que para acabar com pensamentos e atitudes preconceitusos, basta criar mecanismos anti-isso, ou anti-aquilo. Eles não querem acabar com o preconceito, querem só fazer firula e gastar nosso dinheiro.
Preconceito é contra qualquer diferença, não somente homossexuais e negros, eu mesma como branca já sofri muito preconceito. Preconceito é um verme que se instala no corpo, não é causado por uma diferença, é causado por ignorância.
Primeiro foram as cotas para negros nas universidades. Acabou o preconceito? Claro que não! E pior, isso se tornou um preconceito contra os brancos e índios!
Agora o kit-gay com filmes muito mal feitos, grosseiros, que só ridicularizam os homossexuais e não os respeitam de forma alguma. Eles não falam de preconceito nesse kit, eles falam de orientação sexual. São posturas bem distintas de se tratar o assunto.
Mostrar que não devemos ver nenhuma diferença como defeito é a arma contra o preconceito. Não liberar geral e falar para meninos que podem "pegar" meninos e meninas que a chance é maior de se darem bem.
São pensamentos e atitudes pequenas de um desgoverno que devia ter ficado na área sindical somente. Eles não tem, e nós não lhes demos carta branca para fazerem isso. Eles tem que se limitar a administrar o país, não a criação de nossos filhos.
Nossos valores estão se perdendo, começo a me sentir errada por ser certa. Bandido é que se dá bem nesse país. E tem que roubar muito, porque se roubar pouco vai preso como bode expiatório.
O que será deste nosso Brasil daqui a um, dois anos? Como mudar isso?
Desculpem o desabafo, mas precisava fazê-lo.
Assisti aos vídeos do famigerado kit, estou perplexa.
Em tempo, não sou racista e não sou homofóbica.

Adicionar legenda

"LUJINHA" DA CLAUDINHA

http://www.zazzle.com.br/clautulimoschi*

wibiya widget