16 de out de 2011

Horóscopo


Acabo de ler meu horóscopo no Facebook. Estou ficando assustada com a precisão dele. Já não é a primeira vez que o que recebo casa exatamente com o que estou passando, mas hoje passou da conta. Leiam e depois eu comento:

"Seus valores pessoais e religiosos ideais afetam suas esperanças, sonhos e ambições sociais ou de carreira. Você está tentado a atingir um patamar que pode ser desaprovada pelos moralistas do seu círculo social. A BMW que você cobiça talvez seja um pouco demais para os corações conservadores ao seu redor."


Pois bem, acabo de vir do almoço onde conversava justamente sobre valores. Quais os valores que ainda resistem no Brasil? A pessoa que tinha certos valores morais nos anos 60 sobrevive hoje? Como é a pessoa de sucesso de 2011?
Vejamos a primeira frase: "Seus valores pessoais e religiosos ideais afetam suas esperanças, sonhos e ambições sociais ou de carreira." Ou seja, "pode parar que do jeito que você é certinha não vai a lugar nenhum". Sim, porque eu sou honesta, meus valores são os de uma pessoa trabalhadora, que respeita o próximo, é cristã, paga sua contas corretamente e odeia trapaças, falcatruas, espertezas e o insuportável jeitinho brasileiro de levar vantagem em tudo a qualquer preço.
Aí vem: "Você está tentado a atingir um patamar que pode ser desaprovada pelos moralistas do seu círculo social". E realmente, o fato de me questionar até que ponto ser honesto e ter valores é valido no Brasil de hoje, mostra que meus valores estão sendo abalados. Isso é uma confissão? Pode ser,  mas não fiz nada de errado. Só passei a analisar.
Senão vejamos.
Você é trabalhador, honesto, acorda cedo, ainda noite, pega um trânsito bravo, ou uma condução lotada e precária. Chega em seu trabalho já cansado. Cumpre religiosamente com suas obrigações, chega no horário, faz tudo que lhe pedem, sai muito depois de todos, rala mesmo. Aí, muitos ainda pegam mais condução, mais trânsito, e chegam na faculdade, escola, ficam até tarde tentando captar o que o professor, na maioria das vezes tão cansado e frustrado quanto você, tenta te ensinar. É tarde quando você finalmente pega a última condução para casa. Cansado, exausto. Determinadas pessoas chegam em casa ainda vão estudar, outras vão limpar a casa, lavar a roupa, cuidar das crianças. Já é outro dia quando finalmente você se deita. Dormir? Pode ser, mas as preocupações às vezes não deixam e, derrepente o despertador toca, e começa tudo de novo. Aí vem o final de semana, e você não pode sair, ou porque tem que cuidar da casa, ou porque tem que estudar, ou cuidar das crianças, ou simplesmente, e o mais comum, não tem dinheiro. Começa a semana de novo e assim vai. Chega o final do mês, chega o pagamento, e a grana não dá pra pagar as contas. Aí você descobre que aquele seu colega de trabalho puxa-saco que não faz nada, só firula, é promovido. Te ligam do banco que a conta estourou, do cartão que foi cancelado porque você não pagou a fatura com juros de 16% ao mês, da escola que está atrasada, e o colega promovido sai para almoçar com o chefe. Você se pergunta, o que ele tem que eu não tenho? O que ele faz certo e eu errado? E chega em casa à noite. Liga a TV. Notícia urgente, cai o ministro disso, daquilo, mensalão, dinheiro na cueca, desvio de verbas de escolas, de estádios, INSS, transportes, viagens de filhos de políticos pra Europa, pagas com o seu dinheiro. E todo mundo rindo, feliz, com carrão (a BMW!!!), lanchas, iates, cabelereiros, festas, roupas de marca, caviar, salmão e por aí vai. Logo em seguida, uma tremenda manchete, um auê danado porque um motorista de taxi achou uma mala com uma fortuna e devolveu para o dono. Nossa, ele é um heroi! Fazem até uma matéria especial com ele, afinal o que ele fez é raro.
Definitivamente tem alguma coisa errada ! Esse é o pensamento recorrente.
Meu horóscopo está certo. A tentação existe. Sem dúvida que existe. Somos tentados a nos corromper a cada minuto que vemos as injustiças que acontecem. Os diabinhos estão  à solta, em todas as áreas, e você chega a ser taxado de "mané", de "bundão".
Mas não, eu tenho caráter, eu tive berço, tive uma educação dada por uma pessoa que passou fome, e ainda assim, jamais se corrompeu. E venceu. O exemplo eu tenho e ele será minha tábua de salvação nesse mar de lama que se transformou meu país.
Eu cobiço sim algo grande, como todos, tenho ambições de um bem-estar material, mas minha moral estará sempre como estandarte, à frente nessa batalha.Temos que resistir, não desistir. Conseguirei o que quero com os meus valores e isso, quem sabe, o próximo horóscopo possa prever. Porque afinal, ele acerta os caminhos, mas quem escolhe qual deles seguir somos nós mesmos. Qual você vai escolher? Sua BMW vale tanto assim?

12 de out de 2011

Nossa Senhora, hoje é dia das Crianças!


Seja qual for a sua fé, a sua crença, oremos hoje para que estas e muitas outras crianças possam ter realmente um dia especial, com um presente mais que especial - suas vidas de volta! Que a mãe de Jesus, exemplo maior de resignação e amor, possa dar paz e alento aos pais e mães que esperam, sempre esperam. Feliz Dia das Crianças a todos, na paz e no amor de Nossa Senhora!

10 de out de 2011

10 de outubro - Dia da Honestidade

Pode isso? Fiquei sabendo agora cedo que hoje é o Dia da Honestidade. 
Ai, e eu que pensei que todo dia era dia dela. Doce ilusão. Em que mundo estamos???

9 de out de 2011

NINGUÉM É SUBSTITUÍVEL !

"Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.
Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "ninguém é insubstituível"! 
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada. De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido: 
- Alguma pergunta? 
- Tenho sim. E Beethoven? 
- Como? - o encara o diretor confuso. 
- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven? 
Silêncio… O funcionário fala então: 
- Ouvi essa estória esses dias, contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar. Então, pergunto: quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? Etc.?… 
O rapaz fez uma pausa e continuou: 
- Todos esses talentos que marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, mostraram que são sim, insubstituíveis. Que cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Não estaria na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe, em focar no brilho de seus pontos fortes e não utilizar energia em reparar seus 'erros ou deficiências'? 
Nova pausa e prosseguiu: 
- Acredito que ninguém se lembra e nem quer saber se BEETHOVEN ERA SURDO, se PICASSO ERA INSTÁVEL , CAYMMI PREGUIÇOSO , KENNEDY EGOCÊNTRICO, ELVIS PARANÓICO… O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos. Mas cabe aos líderes de uma organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços, em descobrir os PONTOS FORTES DE CADA MEMBRO. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto. 
Divagando o assunto, o rapaz continuava. 
- Se um gerente ou coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de ‘técnico de futebol’, que barraria o Garrincha por ter as pernas tortas; ou Albert Einstein por ter notas baixas na escola; ou Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria PERDIDO todos esses talentos. 
Olhou a sua a volta e reparou que o Diretor, olhava para baixo pensativo. E voltou a dizer nesses termos: 
- Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados… Apenas peças… E nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões que 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:…NINGUÉM…Pois nosso Zaca é insubstituível.” – concluiu, o rapaz e o silêncio foi total. 

Conclusão: NUNCA ESQUEÇA: VOCÊ É UM TALENTO ÚNICO! COM TODA CERTEZA NINGUÉM TE SUBSTITUIRÁ!" 

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso." 

"NO MUNDO SEMPRE EXISTIRÃO PESSOAS QUE VÃO TE AMAR PELO QUE VOCÊ É… E OUTRAS… QUE VÃO TE ODIAR PELO MESMO MOTIVO… ACOSTUME-SE A ISSO… COM MUITA PAZ DE ESPÍRITO…"  
desconheço a autoria

"LUJINHA" DA CLAUDINHA

http://www.zazzle.com.br/clautulimoschi*

wibiya widget