31 de dez de 2011

Feliz 2012!

Duas "mensagens" especiais que marcaram minha vida e que partilho com meus queridos amigos. Bom para refletir e recomeçar, de novo, com força total!
Feliz 2012!!!



13 de dez de 2011

O Início

Não sei se já existe, mas vou chamá-lo de "Fotocast".
Sim, o novo podcast baseado em registro fotográficos, onde Adélia Pedrosa nos contará histórias do Fado no Brasil, e alguns momentos que viveu no exterior também.
O primeiro episódio já está no ar.
Acessem o fotocast FADOS, FATOS E FOTOS em http://www.adeliapedrosafadista.podbean.com
Esperamos que gostem e divulguem. Tem muita história a ser contada.
Beijinhos
Cláu

10 de dez de 2011

Artistas de Fado

Olá. Como sei que muitos tem o tempo corrido e às vezes acabam deixando para depois algo que enviamos para que conheçam, resolvi postar aqui no blog o texto do abaixo assinado para que todos possam ler, refletir e, se acharem justo, assinar e divulgar. Pode parecer utopia, mas ainda que seja, o fato de levantar o assunto, de colocá-lo em pauta nas rodas dos tomadores de decisão é o que realmente terá força. Nossos artistas de Fado espalhados pelo mundo merecem este reconhecimento e acima de tudo, nosso respeito e consideração.
Não são solicitados dados pessoais.

 

The Petition

 


Fadistas, compositores e músicos portugueses espalhados pelo mundo.
Quem são eles? Quais suas histórias? A sua luta para sobreviver divulgando o Fado num país estrangeiro. Imigrantes que, além da saudade de seu país, enfrentam as dificuldades com o idioma. Viver de arte não é tarefa fácil, viver de Fado fora de Portugal menos ainda.
São heróis, corajosos, batalhadores, e acima de tudo, apaixonados por seu país, por sua cultura. Pessoas unidas pela saudade, pela arte e por essa canção que tanto fala sobre sentimento e que agora tornou-se oficialmente Patrimônio Imaterial da Humanidade.
Pelo mundo afora eles estão, e há décadas apresentaram o Fado a todos, pelos quatro cantos do planeta. Muitos se foram sem ao menos terem voltado à sua terra, sem terem seus nomes em livros, filmes, ou museus.

Este abaixo assinado visa exigir de Portugal o respeito e reconhecimento ao trabalho e dedicação desses artistas, incluindo-os oficialmente na história do Fado, porque de fato eles já fazem mais parte dela que muitos.

- Que seja criado um órgão para o Fado mundial, dentro do governo Português, centralizado em Lisboa, e com representantes em cada país onde haja documentadamente um artista de fado atuante ou que já tenha deixado registros históricos.

- Que tal órgão monitore os acordos de reciprocidade cultural, hoje praticamente ignorados.

- Que faça projetos e apresente-os aos governos locais para que todas as solenidades, ou festas, ou qualquer outra manifestação que inclua Portugal, tenha obrigatoriamente uma apresentação de Fado, por artista português que more no país, ou artista estrangeiro que tenha como profissão a divulgação do Fado.

- Que toda apresentação, espetáculo, peça teatral, de artista vindo de Portugal, seja obrigatoriamente precedida, como forma de acolhida, por uma apresentação de um artista de Fado local, ou em caso de teatro, ou revista musicada, que tenha obrigatoriamente a participação efetiva de um artista de fado local.

- Que crie um grupo de pesquisa responsável por levantar dados e registros sobre a divulgação do fado em seu país, bem como seus representantes, e que tal material seja direcionado ao Museu do Fado, ou a outro museu que venha a ser criado para tal.

- Que se crie nos prêmios de Fado hoje existentes em Portugal, uma categoria para o Fado na emigração.

- Que sejam dados incentivos fiscais a empresas que patrocinem espetáculos de fado no estrangeiro, com artistas locais devidamente registrados como artistas de fado em órgãos sindicais do país ou artistas vindos de Portugal.

- Que seja criado dentro desse órgão, um grupo de imprensa, para contatos e divulgação com mídia local e mundial sobre os espetáculos e notícias relativas ao Fado e ao Fado na emigração.

- Que seja criada uma aposentadoria para artistas de fado emigrantes, devidamente regulamentada.

- Que sejam criados incentivos a programas de rádio e televisão que divulguem o fado e os artistas de fado emigrantes ou estrangeiros registrados como tal.

- Que as televisões que hoje atuam em Portugal, especialmente as brasileiras, tenham que seguir uma porcentagem a ser criada de reciprocidade para cada apresentação de música brasileira/estrangeira em Portugal.

- Que as Associações portuguesas nos países de adoção se comprometam a realizar eventos nos quais o Fado tenha o destaque merecido. Eventos específicos ou o Fado inserido em outros, mas sempre com o destaque merecido.

Obs.: Por "artistas de Fado" entenda-se fadistas, músicos e compositores.

Outras idéias e sugestões serão bem aceitas e incluídas neste abaixo-assinado. Críticas também. Estejam à vontade.


Pelos artistas de Fado na emigração - respeito e reconhecimento.

3 de dez de 2011

Abaixo-assinado pelos artistas de Fado na emigração!

Assinem e divulguem!


"LUJINHA" DA CLAUDINHA

http://www.zazzle.com.br/clautulimoschi*

wibiya widget