11 de set de 2016

Vamos falar da "bendita" política!

Tenho avaliado algumas posturas de eleitores ao longo da minha vida. Sempre fui bastante engajada politicamente pois acredito que se eu quero o melhor para o meu país, não é sentada reclamando que vou ajudar, é preciso agir, fazer parte. Vejo que a população está realmente exausta, e com muita razão, de toda a politicagem que existe no Brasil. E aí está o ponto. O brasileiro tem que ser contra a politicagem, não contra a política. E aqui vale explicar o que significada cada uma:
"Política - arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados; aplicação desta arte aos negócios internos da nação (política interna) ou aos negócios externos (política externa).
Politicagem - política de interesses pessoais, de troca de favores, ou de realizações insignificantes."
Assim, é preciso que se entenda que a política em si não é algo ruim, mas algo necessário. Se a política e todos os políticos são ruins, por que em outros países funciona? Deduz-se portanto, que o problema está nas pessoas, no caráter das pessoas.
Porque estou falando isso? Porque não podemos desacreditar da política, nós precisamos de administradores, não podemos eliminar todos os políticos da face da terra. Seria de novo como aquele exemplo que já dei antes, quando o marido que pega a mulher no sofá com outro dá fim no sofá. Existem pessoas boas e más em qualquer função. Cabe ao eleitor checar quem é o candidato, suas obras, sua história, como se conduz na sua vida, como é reconhecido, o que seus amigos dizem dele. Hoje ainda não temos obrigatoriedade de concurso para os cargos políticos, o que, na minha opinião, seria o mais correto, então só nos restar avaliar quem são as pessoas que estão se candidatando.
Existe um conceito de quem é bom não se mete com política. Por que não? Os bons é que tem que se meter nisso sim. Senão estamos perdidos. Muita gente está se candidatando hoje porque não aguenta ver o que acontece e quer sim agir para mudar o que vê. Como disse, ficar sentado reclamando não adianta nada. Então eles resolvem agir. Tem que ter um voto de confiança, mesmo porque não temos escolha.
Não votar, anular voto, votar em branco, é dar espaço aos que tem mais fama, e provavelmente aos que tem mais fanáticos. Não pense que ao se abster você não está contribuindo para nada. Está sim. Dilma foi eleita graças a quem não votou, anulou, ou votou em branco, foram votos a menos para os demais candidatos. Não sei se seria melhor ou pior com eles, jamais saberemos, mas eu tentei fazer algo melhor, e você que não votou ou anulou?
Outra coisa que tem me deixado profundamente irritada, especialmente em minha cidade, é a verve com que os adeptos de determinada candidatura atacam os demais candidatos. Gente, não tem nada de bom pra falar de seu candidato não? Acho que não, porque ficam gastando seu tempo brigando e falando mal dos outros. Que feio, que campanha suja! E acham que são melhores? Definitivamente não.
O fato é que ninguém é perfeito, mas temos que nos esforçar para escolher bem, avaliar, pesquisar, e votar sim. Acreditem, a politica não é ruim, o que fizermos dela é que pode vir a ser. É como o dinheiro que muitos falam que é coisa do demônio! Não, não é não. O uso dele é que pode ser mau ou bom, dependendo do caráter de quem o utiliza.
Pense, vote consciente. O nosso destino está nas mãos de todos nós. Faça a sua parte bem feita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"LUJINHA" DA CLAUDINHA

http://www.zazzle.com.br/clautulimoschi*

wibiya widget